Notícias

Programa Aprendiz Cooperativo retoma atividades

A juventude brasileira tem espaço garantido no cooperativismo. Hoje, centenas de cooperativas oferecem vagas de aprendiz, abrindo as portas do mercado de trabalho para estudantes entre 14 e 24 anos. É nelas que eles aprendem um pouco sobre a própria profissão e também sobre a cultura cooperativista.

Para garantir que realmente aproveitem essa experiência, o Sescoop criou o Programa Aprendiz Cooperativo, que estabelece parâmetros para a contratação, supervisão do trabalho e formação desses estudantes.

O programa prevê a participação dos jovens em treinamentos e dinâmicas em grupo. Nelas, são chamados a refletir sobre a importância de vivenciar, dentro e fora do ambiente de trabalho, alguns valores cooperativistas, como a igualdade de tratamento, a solidariedade, a honestidade e a transparência.

Em 2020, diante da pandemia do coronavírus, os cursos que estavam em andamento precisaram ser suspensos. Enquanto as aulas não aconteciam, foram realizadas pesquisas de viabilidade de turmas para verificar a possibilidade de retomada das aulas do Programa Aprendiz Cooperativo no formato EAD (aulas teóricas). A partir desta pesquisa, foram criados comitês com a participação do Sescoop/RS, prestadoras, cooperativas cotizadoras, aprendizes e pais, para juntos conversarem e definirem sobre o andamento das aulas.

As reuniões aconteceram em sua maioria por região, o que permitiu a retomada de 18 turmas em 14 cidades do Estado, totalizando 401 aprendizes retornando às aulas na modalidade online. Os cursos que retomaram as aulas foram: Aprendiz do Campo, Auxiliar Administrativo e Serviços de Supermercado, nos municípios de Campo Novo, Caxias do Sul, Cruz Alta, Ijuí, Panambi, Santa Rosa, São Pedro da Serra, Sarandi, Selbach, Soledade, Três de Maio, Três Passos, Tucunduva e Viamão.

O gerente de Promoção Social do Sescoop/RS, José Zigomar Vieira dos Santos, destaca a importância de se ter encontrado uma solução para o enfrentamento do problema, solução essa que passa por desde observar a legislação, observar os protocolos sanitários, verificar junto aos aprendizes quais as estruturas de internet e computador que eles dispunham em suas residências e elaborar um plano de retomada virtual, com metodologia apropriada, preparação dos professores do programa capacitando-os com cursos também on line e iniciando as aulas com os jovens que têm condição técnica. "Toda essa estratégia foi montada com bastante rigor, pois a qualidade da aprendizagem não pode ser prejudicada em razão do novo formato do curso", finalizou.

Para saber mais sobre o Aprendiz Cooperativo acesse: http://www.sescooprs.coop.br/programas/aprendiz-cooperativo/

Fonte: Ocergs Sescoop/RS

Programa Aprendiz Cooperativo retoma atividades